Tecnologia avança em direção à rastreabilidade de gemas e metais

Mercado de mineração já conta com plataforma que permite saber otimizar as operações

Comprar uma joia no varejo e saber a procedência exata de onde veio o ouro e as gemas não é mais coisa de ficção.  A tecnologia de rastreabilidade avança e aumenta a capacidade de conhecer todo o caminho de uma determinada matéria-prima, desde sua origem até o produto final.

Agora, uma empresa anunciou o lançamento de uma plataforma que promete trazer eficiência e transparência nas operações de metais e pedras preciosas. A MineHub Technologies desenvolveu uma tecnologia de melhoria para o gerenciamento e a venda de recursos naturais que pode ser usadas por vários tipos empresas, incluindo grandes mineradoras que abastecem a indústria de joias no mundo.

Segundo a MineHub Technologies, o mercado global de mineração e metais sofre de ineficiências devido a processos manuais baseados em papel. Além de rudimentar, nesse processo nem sempre há transparência entre os participantes da cadeia de suprimentos, fato que contribui para a falta de confiança.

Com a nova tecnologia, será possível digitalizar a cadeia de suprimentos, aumentando os níveis de automação e fornecendo maior rastreabilidade. Desse modo os usuários da plataforma vão conseguir aperfeiçoar as operações, melhor as margens de lucro e contribuir para sustentabilidade dos negócios e dar garantias ao consumidor final sobre a procedência do material utilizado no produto.

O MineHub permite que as partes envolvidas na venda, compra, entrega e pagamento de uma carga de minerais trabalhem em um fluxo integrado, compartilhando informações eletrônicas em vez de enviar por correio ou enviar por e-mail documentos em papel sujeitos a interceptação, fraudes e ameaças cibernéticas.

A nova tecnologia também será útil para simplificar essas operações, melhorar as principais eficiências do processo e trazer um novo nível de confiança e transparência, automatizando a captura de dados de proveniência mineral. Esse é um avanço que abrirá o caminho para os relatórios de rastreabilidade de metais como ouro, prata, platina e outros usados na indústria joalheira. Certamente causará impactos na venda de joias.